06 novembro 2013

No Azul do Vinho

Olá Meninas!!!

Continuando...

                                      No Azul do Vinho
                                      
                                          Capítulo 19

Phina amou o lugar e até dançaram. Bruno foi muito romântico, levando-a para ver o luar. Parou o carro próximo ao Castelo di Vicarello, abriu a porta do carro e estendeu-lhe a mão para ela descer, quando Phina olhou nem acreditou, as estrelas pareciam que iam cair em cima deles, era espetacular, sem palavras, a Lua crescente em todo seu esplendor parecendo que sorria em meio a todas as estrelas.
Ele a beijou apaixonadamente, e ela correspondeu com uma paixão que jamais havia sentido, se entregou para aquele momento.
Ele a abraçou e disse: - Quero me encontrar com você no Brasil, quando voltarmos, ela balançou a cabeça que sim e se aninhou em seus braços.
Bruno a levou até a porta do hotel, e combinaram de se verem bem cedo, para verem o nascer do sol em meio ao vale, e se despediram.
Quando ela entrou na recepção já a avisaram, que havia várias ligações do Brasil, todas urgentes.
Phina tinha esquecido de ligar, deveriam estar preocupados com ela, pensou.
Ela foi até seu quarto e ligou no número particular de Cris, não gostava de incomodar, mas era o único jeito naquele horário.
Cris atendeu e, quando ouviu que era Phina, começou a falar tão depressa que Phina não entendeu nada.

                                         Capítulo 20

Phina pediu pra Cris se acalmar e falar normal, então Cris disse: - Phina você tem que voltar agora, estamos com problemas sérios, uma das Construtoras não seguiu nosso programa de segurança e uma parte da construção do sr. Eduardo Mendes desabou, e feriu alguns funcionários, isso a dois dias e precisamos de você aqui, urgente.
Phina nem acreditou no acabou de ouvir, não conseguia nem falar com Cris, ficou chamando Phina, até que ela respondeu: - Vou pegar o primeiro voo  me aguarde. 
Desceu até a recepção e pediu para fecharem sua conta, e que fizessem a gentileza de marcar um voo imediatamente para o Brasil, ela tinha que voltar urgente.
Subiu arrumou suas malas, desceu, acertou tudo. O carro do hotel já a esperava, para levá-la ao aeroporto, era de madrugada.
Phina chegou ao Brasil por volta das 14 hrs, pegou um táxi, e foi direto ao escritório. Quando chegou seus funcionários se assustaram e Cris também.
Phina mandou chamar o jurídico urgente e os responsáveis pela Construtora para uma reunião imediatamente.
- Mas você nem me avisou que estava chegando?, disse Cris.
- Não temos tempo, vamos resolver esta situação, depois conversamos, disse Phina em tom autoritário, quero todos os relatórios.

Continuamos...

Abraços e até mais...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu recadinho é muito importante.
E muito obrigada pela sua visita!!!
Silmara